quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Entoando mantra...

Odeio ver o Felipe com raiva! Afinal ele é minha Yoga nos momentos de fúria, acalanto nos momentos de tristeza, e eu sinto que não consigo aliviar para ele quando a raiva ferve! 

Ele está super estressado com o descaso dos pedreiros, bravo mesmo! Não é só a enrolação, é também a falta de planejamento deles que já está tornando mais dispendiosa a obra. 

Exemplo disso foi  a locação das escoras, feita para escorar a laje, que até hoje é 'puff'', nada, inexiste! As escoras estão lá, se auto-escorando-a-si-mesmas enquanto o aluguel corre solto.

Tudo o que é solicitado é providenciado imediatamente, não há condições climáticas adversas e nada que possa justificar o mal planejamento e o 'lenga-lenga' arrastado que eles resolveram seguir.

Já pagamos 73% dos valores devidos para obra, incluindo os adicionais acordados depois, e até agora sem laje do primeiro andar, sem muro, sem escada e muita raiva! 

Felipe está planejando ir lá e conversar, tentar dar uma pressionada, para ver se a coisa começa a avançar novamente, do contrário, daqui a pouco começa a chover e estamos 'lascados', mas meu medo é eles jogarem tudo para o alto e nos deixar na mão - sou pessimista até meu único fio de cabelo branco - que inclusive arranquei ontem. Mas acho que isso não vai acontecer: isso é só um comportamento característico da categoria, e do ser humano, enrolar - estender o trabalho para fazê-lo caber no tempo disponível - principalmente se não tiver marcação cerrada.

É isso, sem novidades e com mais um desabafo!