terça-feira, 30 de setembro de 2014

Deck - Material

Enquanto contamos os dias e empacotamos nosso universo (eu ainda nem comecei), e corremos atrás de organizar as coisas para que a casa fique habitável, também pensamos nos próximo passos.

Teremos um Deck de madeira, na continuação de nossa sala. Esse deck será realizado em um futuro bem próximo - Ramilson até já começou a fazer as furações, mas com um mundo de coisas para fazer: segunda demão de tinta no primeiro andar, envernizar portas, alguns rejuntes, cercamento, etc., o deck definitivamente não é prioridade zero.

Começamos a fazer orçamento do material para o deck, e pesquisar soluções. Em razão de a madeira necessitar de muita manutenção, apesar do preço mais acessível, chegamos a conclusão de que pode não ser a melhor opção. Veja o comparativo:



PVC
MADEIRA
INSTALAÇÃO
Pode ser realizada por um carpinteiro ou marceneiro. A instalação é realizada sobre uma estrutura de madeira (barrotes), travada e previamente fixada no contra-piso. As réguas do deck são fixadas nos barrotes, com pregos ou parafusos. O tempo de instalação depende do projeto e da área envolvida.
Idêntica a instalação do produto de PVC, sendo realizada sobre uma estrutura de madeira (barrotes), travada e previamente fixada no contra-piso. As réguas do deck são fixadas nos barrotes, com pregos ou parafusos. O tempo de instalação depende do projeto e da área envolvida.
DURABILIDADE
O mercado oferece produtos com 10 anos de garantia, porém , esse material pode durar muito mais tempo sem qualquer tipo de deterioração.
A madeira sofre muito com as intempéries do tempo, por isso, se não houver uma manutenção pelo menos a cada seis meses, em um ano ele já estará deteriorado
MANUTENÇÃO
Não há necessidade de manutenção
Necessita de manutenção de seis em seis meses, sendo necessário, sempre, realizar a raspagem e passar o verniz novamente. De preferência na época de seca, para que o mesmo esteja protegido nas chuvas
VARIEDADE DE CORES
Oferece diversos padrões idênticos a madeira
Limita-se aos tipos de madeira, podendo ter variações de cores no mesmo tipo de madeira
ONDE INSTALAR
Ao redor de piscinas, mezaninos, varandas e áreas externas. Bem como na confecção de bancos
Ao redor de piscinas, mezaninos, varandas e áreas externas. Bem como na confecção de bancos
LIMPEZA
Apenas água e detergente neutro
O deck de madeira deve ter uma limpeza constante, pois devido a sua extrema exposição ao tempo, pode apresentarumidade, mofos e sujidades que podem manchar o deck. Normalmente se utilizam escovas de nylon e utensílios para limpeza
É SUSTENTÁVEL?
Sim
Somente quando executado com madeiras de lei provenientes de manejo sustentável
PREÇO
R$200 o metro quadrado sem necessidade de manutenção
De R$130 a R$190 o metro quadrado, dependendo da madeira utilizada, além da manutenção semestral.



Fonte: http://www.revistam2.com.br/guia-do-deck-pvc-ou-madeira

Então em minhas buscas pela internet, encontrei a empresa ECOBLOCK, com uma proposta super interessante - a ecomadeira, feita de 70% de resíduos plásticos industriais e domésticos e 30% de resíduos de fibras naturais como casca de arroz, casca de coco, raspa de couro, juta, dentre muitos outros. 
 Até parece madeira de verdade, né? 

Faremos a estrutura do deck com madeira (de verdade) e a cobertura com a ecomadeira, que custa 172,50 o metro quadrado. De acordo com a represennte da empresa, o material dura de 80 a 100 anos... eba!

E quer mais vantagens? (De acordo com o site da empresa)

- É resistente a impactos;
- Não se deteriora;
- É anti-derrapante;
- Não racha e não solta farpas;
- É imune à ação de cupins, pragas, germes e mofos;
- Não apodrece;
- É impermeável;
- Pode ficar exposta a condições climáticas extremas sem alteração de suas características, entretanto não é atérmico;
- Para sua limpeza basta usar a água e sabão;
- Dispensa pintura e manutenção;
- Disponível em diversas larguras e espessuras. 


Assista ao vídeo de como a ecomaderia é feita Aqui.





sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Pára tudo - Conclusão da Instalação do Vidro Frontal

Não vou falar nada, só vou mostrar! (Estado de histeria total!)


Casa de Cachorro

Enquanto a obra se arrasta:

- Vidros em fase final de instalação - data final era ontem, mas prometeram entregar tudo em 29/09/14.
- Laminado entregue ontem (25/09/14). Instalação agendada para 01/10/14.
- Mudança de padrão de luz, de temporário para definitivo (ainda vamos fazer a solicitação - hoje - e os prazos são 'elásticos'. Talvez até precisemos atrasar a mudança).
- Deck - precisamos assaltar um banco para comprar o material, mas o Ramilson já está firme na preparação para estrutura (furações no solo, etc.)
- Cercamento - comprado, mas falta entrega e instalação.

Enfim, enquanto a obra se arrasta e não há muito que eu possa fazer, fico aqui pensando nos 'extras'. Como uma apaixonada por cães, tenho 03, não poderia deixar de pensar no espaço deles na nossa casa. O plano inicial é utilizar parte do porão, que ainda não foi cavado, para fazermos de canil. 

Isso acontecerá um dia, mas enquanto esse dia não chega, não posso abandonar meus peludos, que são tudo de bom: eles me fazem caminhar todos os dias; me dão lambeijos, carinhos; me recebem sempre como se eu fosse o melhor ser do universo! Resumindo: são minha terapia.

Estava olhando casinhas de cachorro para comprar, mas achei o preço muito alto, especialmente se levarmos em conta tamanho e durabilidade de material. Em minhas pesquisas sobre alternativas encontre duas opções interessantíssimas.

Ai estão:


 Casa padrão "Minha Casa, Minha Vida 01"
Casa Padrão "I've got the power"

Compramos, então, um caixa d'água de 1000 litros - afinal são três cachorros (e se eu e Felipe teremos uma casa grande, porque eles não podem também?), e vamos costumizá-la para que se transforme na casa deles! As vantagens são: preço mais acessível, portabilidade e facilidade na higienização.

 


segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Vidrooos - Mais fotos

Marido estava escondendo o jogo: ele tinha mais fotos, o que me deixou ainda mais frenética.

Estou tão feliz! Só quem passa por essa ralação sabe o quão bom é chegar nessa reta final, e ver todo esforço - e dívidas - tomando forma, literalmente é um sonho que se CONCRETIZOU!

Sem mais delongas:

 Sala multimídia (ou o paraíso do Felipe, maior cômodo da casa, onde ele passará horas assistindo TV e jogando video-game)
 Janela de um dos quartos.
 Nosso canto, dentro do nosso canto! Vista do nosso quarto. Se não colocarmos cortinas logo - o que provavelmente não irá acontecer - seremos acordados pelo sol, todos os dias! Se bem que, com a distância, vamos provavelmente ter que acordar antes do sol, para virmos trabalhar!
Lateral: essas são as janelas da sala conjugada (primeiro andar) e entrada de luz para a escada (segundo andar). E o porão (cerveijaria/ canil) que um dia, num futuro desconhecido, será cavado...
 Imagine um deck ai! Pois dessa porta - onde serão instalados vidros - teremos acesso a um deck... num futuro nem tão distante! Achei linda a vista da escada lá dentro.
 Mais uma dos fundo da casa! Cachorrada vai ter lugar para brincar!
 Lateral da casa. No primeiro andar: garagem, área de serviços e cozinha! No segundo andar, janela dos dois quartos.
Janelas dos dois quartos, e sacada da suíte!!!

E seja bem vindo, Futuro!

Vidrooooos

Tô frenética! Acabei de receber essas imagens, direto da casa! Ai, ai... Daqui a pouco já dá pra mudar - estou começando a acreditar!

 Frente da casa. Os vidros todos do segundo andar - salvo o vidro grande da fachada e o guarda-corpo da sacada em nosso quarto, ah os boxes dos banheiros - já foram colocados.

 Vista do fundo de nossa casa - para mim é tão bonita quanto a frente!
Escada, esperando apenas a aplicação da textura!

sábado, 20 de setembro de 2014

Banheiros e lavabos: prontos

Essas fotos também já estão 'antigas'. Marido diz que não quer mais tirar foto de obra - só da casa, quando já for morador... rs... tá rebelde!

Bancada do lavabo.

Lavabo. Ainda está 'feinho', mas vamos colocar uma textura bem legal ai!

Escada, já com madeiras e verniz.

Banheiro da suíte

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Contagem Regressiva

Já faz um tempo que não visito meu canto! Mas Felipe está lá firme e forte - nem tão firme, nem tão forte! Mas ainda está melhor que eu, que estou em pânico! (Muita coisa para uma Núbia só: dois trabalhos diferentes - o dia todo sacudindo no 'busão', cachorros, organização de evento, amigos querendo me ver - eu querendo e não podendo ver os amigos; organização das minhas 'tralhas' para levar para a casa nova. Tentar ajudar Felipe a resolver esses finalmentes da obra... morri!)

Estamos nos momentos finais da fase 'construção'! Obviamente passaremos ainda um bom tempo organizando tudo, até a casa ficar do nosso jeito. E sempre brincamos, dizendo que o dia que conseguirmos, no mês seguinte a casa já vai precisar da primeira reforma.
 
A colocação dos vidros começa, finalmente, hoje! A medida que os vidros forem colocados, o Ramilson fará a segunda demão de tinta!  O término da instalação os vidros deverá ocorrer em 25/09! A entrega do laminado deve ocorrer no dia 23/09 e a instalação logo a seguir.

Nossa cama e colchão já estão disponíveis e serão entregues no fim da próxima semana.

Então no dia 28/09 faremos a fatídica faxina! Se não der tempo de terminar... mudamos com a casa suja mesmo. 

E é daquele jeito: "se estiver com medo, vai com medo mesmo!"

Volto depois com fotos - marido monopolizou as últimas.




quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Fotos (mais ou menos) recentes da casa

Bem, como nosso pedreiro é muito eficiente, a casa já está diferente - mas vamos as últimas fotos que tenho, do final da semana passada.

 Bancada da área de lazer já instalada.
 Escada de acesso ao quintal já com granito instalado.
 Acesso a área de serviço já com revestimento.
 Visão de um dos quartos. Esse quarto tem uma vista super bonita para a rodovia, pelo menos por enquanto.
 Escada quase concluída. O Ramilsson está aguardando a colocação dos vidros para aplicação de textura e aplicação do verniz.
 Cozinha e salão, vistos do patamar da escada. E cadê minha bancada de silestone vermelho? (Esse graniteiro é outro que eu tenho vontade de mataaaaaaaar!)
 À esquerda suíte do casal e à direita semi-suíte.
Bagunça dentro do banheiro social, no segundo andar.
 Vista da área de lazer e parte do salão. Detalhe para a varanda do nosso quarto, no segundo andar.
 Guarda-corpo do mezanino com granito.
 Varanda da suíte, vista de dentro do quarto. O guarda-corpo será de vidro.
 Corredor visto da suíte.
 Cozinha vista da área externa (lazer).

Felipe irá hoje, levar as torneiras para instalação. O pedreiro já fez praticamente tudo, só espera a instalação dos vidros para uma segunda demão de tinta e aplicação das texturas. Enquanto isso, vamos tentar inventar umas coisas para ele...rs...

Apenas uma observação: estou apaixonada por esse moço que está terminando a construção da nossa casa! Pena que não o conhecíamos antes, senão a construção da casa teria sido completamente diferente, muito menos estressante - a questão é que só o conhecemos através das duas almas penadas que iniciaram a construção da obra! Até animo de convidá-lo para jantar lá em casa, depois que a obra estiver concluída! Se alguém estiver construindo em Belo Horizonte ou região metropolitana, pode me perguntar que indico o profissional de olhos fechados. Organizado, metódico, sério, rápido e muito bom de serviço!

É isso: agora aguardo ansiosamente as novidades que o Felipe trará, para dividir aqui!

 

domingo, 7 de setembro de 2014

Data da mudança

Ai ai!

Marido hoje, no meio de uma caminhada, me diz: 'vamos colocar um prazo. Pronto, vamos mudar dia 03/10. Já avise seus alunos que você não vai dar aula esse dia'.

Enfim, acabei de verificar no calendário, e dia 03/10 é na sexta-feira, em outras palavras a data programada para a mudança já sofre o primeiro adiamento ... hihihihi - mas nossa data de mudança foi 'agendada' para 04/10 (04 dias antes de completar 8 anos que nos conhecemos - CUTE!)

Continuando a onda de novidades, ganhamos nossa cama! Graças a linda da minha mãe... Nossas mães brilham - não bastava a vida, nos deram também uma geladeira e uma camona (king size com baú... uiuiui) - além de milhões de outras coisas além da vida.


Hoje, fomos escolher o laminado do segundo andar. Não compramos ainda, já que temos que medir exatamente qual será nossa necessidade.

Optamos pelo laminado da Durafloor, na cor Cappuccino, com 10 anos de garantia, com instalação e todos os acessórios incluídos. No Leroy Merlin eles pedem 48 horas para visita, e 3 dias para a instalação.



A entrega dos vidros começa na segunda-feira, mas a data limite para a instalação completa é dia 25/09... (vai mas demora).

Mas a boa notícia é que o pedreiro disse que em duas semanas ele entrega todo o serviço - a parte dele, claro!

Isso quer dizer que ainda dependeremos da a) instalação dos vidros e do laminado, que já estão encaminhadas; b) das cercas (que o Felipe deve ir olhar essa semana); c) da compra e instalação do corrimão da escada; d) e da ligação da luz (definitiva); e) instalação de alguns spots de luz (nem precisamos de todos); f) de uma booooooa limpeza na casa e poderemos nos mudar!

Mudaremos sem:
1) Jardim - isso quer dizer que meus cachorros sofrerão mudança de cor na pelagem, passando disso:


Para isso:


Mas nada que um bom petshop não resolva depois que tivermos plantado nossa grama! 

2) Deck: o que quer dizer  sem sombra para os peludos e sem área de lazer, por enquanto...

3) lustres e firulas de iluminação (que são caros e 'apenas' bonitos - não afetam na funcionalidade)

4) Móveis (depois de 15 meses de obra, não tem $$$ que aguente)

5) Dinheiro (caso queiram contribuir, passo o número da minha conta :-)

Mas mudaremos, ENFIM!


quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Reflexão

Quando começamos a construir, penso que seja normal a  todos que passam por essa experiência pela primeira vez, acreditamos que a prova será árdua, mas que no fim tudo dará certo!

Contudo, jamais imaginamos quais serão de fato as adversidades e como reagiremos a essas dificuldades. Eu e Felipe enfrentamos principalmente: maus profissionais (descomprometidos, seja com o trabalhos em si, seja com o prazo) e dinheiro (a obra foi mais dispendiosa que imaginávamos, ou tivemos menos $$$ que precisávamos).

Nessa reta final os sentimentos parecem ser bastante contraditórios.

Deixo duas imagens para ilustrar o que quero dizer:

 Achamos que ao chegar ao final, estaremos assim: vibrantes, cheios de vida, nos sentindo vitoriosos!
Mas na verdade, no fim, estamos assim!